Madeiro de Natal … tradição em Penamacor

Por onde quer que se vá, do Minho ao Algarve, do Litoral às Beiras, basta estarmos atentos aos costumes locais e facilmente nos apercebemos da riqueza tradicional do nosso País. Como todas as tradições, estas têm um grande valor e um sentimento muito especial, para aqueles que as vivem et/ou menos valor para aqueles que, meros espectadores, assistem à estes momentos que dão vida nestes e noutros momentos da nossa vida e da vida das nossas aldeias e vilas.

Penamacor, (onde nasci), têm a tradição de fazer o maior Madeiro de Portugal na época de Natal. Os jovens que durante o ano, eram chamados à apresentarem-se para a inspecção militar, eram organizadores deste grande momento. Hoje a tradição continua viva e já com a ajuda das raparigas, todos com 20 anos, fazem o possivel para que esta tradição se mantenha viva e o madeiro continua, ano após ano a crescer.

Antigamente, sem os meios tecnicos, maquinas, tractores ou camiões, tudo era feito manualmente, as pessoas, preparavam ao longo do ano as árvores que seriam destinadas ao madeiro, depois eram transportadas por carros de bois numa longa procissão, num ambiente de festa, com ramos de laranjeira cheios de laranjas, em decoração dos carros e juntas de animais. No dia 8 de dezembro, à saída da missa, todos ficavam à espera da chegada do Madeiro, tudo era feito para que não houvesse longas espéras nem atrasos, as laranjas dos ramos que decoravam os carros eram lançadas para as pessoas que se amontoavam ao longo do trajeto desde a entrada da vila até ao adro da Igreja. Hoje, com as máquinas, o esforço é menor, as juntas de bois foram trocadas pelos camiões e tractores, as enxadas e serras já não são que uma lembrança dos mais antigos. Mas o entusiasmo continua o mesmo, a abrir o cortejo aparece sempre um camião ou um tractor mais bem decorado, que transporta um grande ramo de laranjeira e o acordionista.

Depois de instalado, o madeiro é aceso no dia 23 e deve durar até ao dia de Reis, no dia 6 de Janeiro. Em volta do madeiro, matam-se saudades, relembram-se as anedotas acontecidas no ano em que cada um fez parte da organização.

O madeiro é tradição praticamente por todo o País, mas este de Penamacor é especial, é o maior de Portugal.

Vodpod videos no longer available.

more about "Madeiro de Natal … tradição em Pena…", posted with vodpod


Desde Paris, para todos, continuação de Boas Festas. Paulo ADÃO

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: