Os novos cem milhões de pobres

Enquanto os países ricos procuram minimizar os estragos que a crise económica e financeira produziu — criada nas fronteiras desses mesmos países por falta de ética na gestão da economia e sobretudo das finanças e igualmente por incúria (ou seria melhor chamar-lhe conivência?) dos poderes políticos —, os pobres de todo o mundo aumentaram em cerca de cem milhões de pessoas!
E o secretário-geral da ONU bem procura motivar os ricos a partilhar solidariamente um pouco dos seus recursos com os que nada têm. Mas o capitalismo parece não ter cura! Vive da pobreza dos outros, da exploração da sua força de trabalho e da escandalosa acumulação de riqueza em poucas mãos. Infelizmente, os sistemas alternativos foram um autêntico fracasso.
Que esperança teremos para o futuro do mundo? Recuso-me terminantemente a conformar-me com a situação actual, mas também não aceito o regresso a ideologias castradoras da liberdade individual, que colocam nas mãos alguns iluminados o futuro de todos.
As sociedades democráticas pluralistas têm de inventar novas formas de se organizarem, introduzindo nas finanças mundiais e na economia planetária práticas orientadas por valores éticos que ponham a pessoa humana — qualquer que ela seja, de onde quer que venha — no centro das suas preocupações. É certo que o que for feito não se pode restringir às fronteiras dos Estados. Tem de ser assumido por todos. É por isso que a ONU bem como outras organizações reconhecidas internacionalmente têm aqui um papel fundamental. É preciso que se lhes dê maior crédito e maior poder de iniciativa, por forma a que as suas decisões se tornem vinculativas para todos. Enquanto tal se não fizer, teremos os ricos a engordar despudoradamente e a criar as maiores clivagens na população mundial, enquanto os pobres ficam reféns das esmolas que caem da fartas mesas do poderoso mundo das finanças e da economia.

Jorge Paulo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: